domingo, 24 de maio de 2009

"Contemplações do lago mudo"



E"de uma outra vida que em mim nada...nada "
Quase todo Pessoa ,...e a minha ,... a outra...

Sem comentários:

Às vezes

Às vezes, o que resta na mão nos foge, Tal e qual como num livro a palavra fim, Sinto um vidro fosco ente mim e essa luz Que me ...