quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

o Outro






Na parede d'alguém
Escrevi, - eu existo -
Na parede da frente
Alguém mais baixo,escreveu:

-"Embora Zé, sem visto
Eu ninguém sou, nem
Aqui nem lá donde 
Vim e prond'me vou,

Nem o Cristo me visita,
Ou o outro indiferente,
Ostentando o crucifixo 
Torto" 



Jorge santos (02/2017)
http://namastibetpoems.blogspot.com


Sem comentários:

Às vezes

Às vezes, o que resta na mão nos foge, Tal e qual como num livro a palavra fim, Sinto um vidro fosco ente mim e essa luz Que ...