terça-feira, 5 de julho de 2016

Não fora o mar ...




Lá fora a frente de mar,
Inútil me parecia
A espuma e a praia rente
À minha saudade parceira

E uma tarde mansa
Na beira do que decerto sinto
Serem as gaivotas
Por mim chiarem

E ao meu ritmo,
Talvez sentindo dentro
Esta minha dor
De mar partido

Entre a espuma 
E o que a praia 
Me transmite em ondas
De ausência fria,

Tal e qual gente
que ama o que está perto,
Por mais que diste
Na corrente a memoria

Marítima, sangue de um 
Poeta ...



Joel matos (30/05/2016)
http://joel-matos.blogspot.com

Sem comentários:

(1820)

1820 O mal deste mundo é nem tudo rodar à volta dele, Por sinal a mim tudo volta excepto o que mais desejo, Voltar ao mundo segu...